N'água e na pedra amor deixa gravados
seus hieróglifos e mensagens, suas
verdades mais secretas e mais nuas.

"Entre o ser e as coisas"
Carlos Drummond

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Mensagem de garrafa no oceano das razões

Quero escrever com enredo. Deslizar nas consciências, abrir o céu dentro orvalhando flores. Com a força de uma gota sobre a pele, eriçar desejos de sorriso e olhos alegres na praça. Até onde irá o meu sopro despercebido? Lavar os rios e nadar na chuva das avenidas. No alto um reflexo de azul claro e destoantes saudando. A vereda comprida serpeante cheia de bichos escorregadia espinhosa difícil e bela. Felicidade no enfrentamento e suavidade bem nutrida na estrutura armada. Desvio-me das flechas, reciclo em utensílios e tipografia. A gaze não falta e vacinas surgem debilitando absurdos. A loucura vital da revolta que não machuca e ordena os atos que pisam a terra. A inocência escolada de quem desiludido vai. E vai.

Um comentário:

matrizmXn disse...

Tão bonita que está, esta mensagem de garrafa...

Parabéns, pela sua belíssima inspiração.